AgroComunidadeCulturaEconomiaEditaisEducaçãoEsporte/LazerGeralObituárioPolíticaSaúdeSegurança/Justiça
 
 

Comunidade

7/4/2011

Cresce número de acidentes de trabalho em Guarapuava

Setor se preocupa com o aumento dos casos no município e região

Cresce número de acidentes de trabalho em Guarapuava

O número de acidentes de trabalho em Guarapuava e região têm aumentado de maneira expressiva nos últimos meses. Desde o começo do ano já foram contabilizados mais de 30 acidentes, inclusive com mutilações, sendo que dois deles resultaram em óbito, de acordo com Altair Ângelo dos Santos, coordenador da CIST (Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalho). A falta de conscientização dos trabalhadores, a negligência dos empresários que não investem na segurança dos operários e, principalmente, a deficiência na fiscalização nos canteiros de obra, são os fatores que estão contribuindo para o aumento desse índice. Segundo Celso da Silva Garais, técnico em segurança do trabalho e secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção e Mobiliário de Guarapuava, existe uma “dificuldade monstruosa” em fiscalizar todas as obras em andamento no município, já que não existem fiscais. “A norma existe. A NR18, que é a norma que rege o setor é bem clara, mas não tem quem fiscalize. Aí o empreiteiro aproveita essa carência e não cumpre o seu papel. Quem acaba pagando é o trabalhador e a própria sociedade”. A fiscalização, quando ocorre, fica por conta da Vigilância Sanitária. Outra difilculdade é conscientizar tanto o empresariado, que precisa investir na prevenção e na segurança dos trabalhadores, como também o próprio trabalhador “que não cobra o seu patrão e acaba trabalhando sem capacete, sem botinas, sem material adequado”, complementa Celso. O caso mais recente aconteceu terça-feira (05), quando uma mulher que passava em frente a uma obra na Rua XV de Novembro, no centro de Guarapuava, foi atingida na cabeça por um martelo. Ela foi levada ao Hospital São Vicente de Paula, onde permanece internada, mas fora de perigo. Esse acidente reflete a realidade do setor. A Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalho faz amanhã, sexta-feira (08) na Agrária, em Entre Rios, uma reunião com representantes de vários órgãos públicos e entidades onde serão discutidas questões para prevenir e reduzir o número de acidentes. Uma campanha de conscientização da população também será feita nas ruas do município, em virtude do Dia Mundial das Vítimas de Acidente de Trabalho, que será no dia 28 de abril.


Tags: ,


 

[+] Notícias

Temporal e ventos fortes destelham casas no oeste do Paraná

Crianças, jovens e idosos recebem ovos de Páscoa em RI

A cadelinha Maria sumiu no bairro Santa Cruz

Famílias guarapuavanas em clima de Páscoa

ONU contrata voluntários para campanha contra aids na Copa

Incêndio destrói casa de madeira e deixa um ferido em Ponta Grossa

Mais quatro guarapuavanos se apresentam no Tardes Musicais neste domingo

Grupo de capoeira e parceiros fazem a Páscoa de 99 crianças

Bancos voltam a abrir na terça feira em Guarapuava

Santa Cruz se prepara para comemorações do Jubileu de Ouro

Paixão de Cristo será encenada nesta sexta em Pinhão

Guarapuava contará com dois conselhos tutelares

Falta pouco para que o São Vicente ganhe pintura nova

Jornada Diocesana da Juventude começa nesta quinta em Guarapuava

Projeto da Unicentro já realizou 74 mil atendimentos

Guairacá sedia 8ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

Campanha estadual incentivará guarapuavano a exigir nota fiscal em compras

Alimentos arrecadados na Festa do Calouro da Campo Real começam a ser distribuídos

Obras interditam ruas no Centro de Guarapuava

Sindicato Rural doa chocolates à Fundação Proteger


Rede Shopping

Siga-nos 

E-Mail
 

SERVIÇOS

Anuncie
Expediente
Telefones Úteis
Sugestões de Pauta
Fale Conosco

 

EDITORIAS

 
SIGA REDESUL FacebookTwitterCanal RSS

Permitida a reprodução de reportagens, desde que citada a fonte.

© Copyright 2012 RedeSul de Notícias | Todos os Diretios Reservados 2012