AgroComunidadeCulturaEconomiaEditaisEducaçãoEsporte/LazerGeralObituárioPolíticaSaúdeSegurança/Justiça
 
 

Comunidade

07/04/2011

Cresce número de acidentes de trabalho em Guarapuava

Setor se preocupa com o aumento dos casos no município e região

Cresce número de acidentes de trabalho em Guarapuava

O número de acidentes de trabalho em Guarapuava e região têm aumentado de maneira expressiva nos últimos meses. Desde o começo do ano já foram contabilizados mais de 30 acidentes, inclusive com mutilações, sendo que dois deles resultaram em óbito, de acordo com Altair Ângelo dos Santos, coordenador da CIST (Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalho). A falta de conscientização dos trabalhadores, a negligência dos empresários que não investem na segurança dos operários e, principalmente, a deficiência na fiscalização nos canteiros de obra, são os fatores que estão contribuindo para o aumento desse índice. Segundo Celso da Silva Garais, técnico em segurança do trabalho e secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção e Mobiliário de Guarapuava, existe uma “dificuldade monstruosa” em fiscalizar todas as obras em andamento no município, já que não existem fiscais. “A norma existe. A NR18, que é a norma que rege o setor é bem clara, mas não tem quem fiscalize. Aí o empreiteiro aproveita essa carência e não cumpre o seu papel. Quem acaba pagando é o trabalhador e a própria sociedade”. A fiscalização, quando ocorre, fica por conta da Vigilância Sanitária. Outra difilculdade é conscientizar tanto o empresariado, que precisa investir na prevenção e na segurança dos trabalhadores, como também o próprio trabalhador “que não cobra o seu patrão e acaba trabalhando sem capacete, sem botinas, sem material adequado”, complementa Celso. O caso mais recente aconteceu terça-feira (05), quando uma mulher que passava em frente a uma obra na Rua XV de Novembro, no centro de Guarapuava, foi atingida na cabeça por um martelo. Ela foi levada ao Hospital São Vicente de Paula, onde permanece internada, mas fora de perigo. Esse acidente reflete a realidade do setor. A Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalho faz amanhã, sexta-feira (08) na Agrária, em Entre Rios, uma reunião com representantes de vários órgãos públicos e entidades onde serão discutidas questões para prevenir e reduzir o número de acidentes. Uma campanha de conscientização da população também será feita nas ruas do município, em virtude do Dia Mundial das Vítimas de Acidente de Trabalho, que será no dia 28 de abril.




Tags: ,

 

[+] Notícias

Projeto da nova rua Turíbio Gomes pauta debate nesta quarta

Iluminação da Catedral dá clima natalino ao centro de Guarapuava

Encontro vai comemorar um ano do Tardes Musicais em Guarapuava

Sepultamento de jovem morto em acidente na BR 277 será neste domingo

Programação de Natal começa com carreata em Guarapuava

Governo entrega casas para famílias no Paraná

90% de Guarapuava deve ficar sem água durante a manhã deste domingo

Camping pode ser realizado em chácara no Jordão

Caminhada da Natureza acontece neste domingo, em Guarapuava

Costelada do Finado está sendo servida no Jordão

Guarapuava sediará 6º Encontro das Mulheres que Lutam e Sonham

1º Costelada do Finado acontece neste sábado, em Guarapuava

Divulgados horários de final de ano do comércio de Guarapuava

Com continuação de obras, 90% de Guarapuava deve ficar sem água neste domingo

Caminhada pelo Vale do Jordão já tem 370 inscritos

Guarapuavano é selecionado para trabalhar na Disney

Guarapuava receberá 8º Cãominhada

42% dos casos atendidos pela Secretaria da Mulher tem negras como vítimas

Evento combate o uso de bebida alcoólica em RI

Cartas para Natal dos Correios já estão disponíveis para adoção


Rede Shopping

Siga-nos 

E-Mail
 

SERVIÇOS

Anuncie
Expediente
Telefones Úteis
Sugestões de Pauta
Fale Conosco

 

EDITORIAS

 
SIGA REDESUL FacebookTwitterCanal RSS

Permitida a reprodução de reportagens, desde que citada a fonte.

© Copyright 2012 RedeSul de Notícias | Todos os Diretios Reservados 2012