03/10/2017 15:06:00

ATENTADO
Foto da Hora | As vítimas do atirador de Las Vegas têm rosto
Algumas delas já foram identificadas e estão na imagem


Reprodução/Facebook


Da Redação

Já foram identificadas algumas das vítimas do massacre ocorrido no último domingo (1º) em Las Vegas. Entre elas estão jovens, pais e mães de família, profissionais de diversas áreas.

Charleston Hartfield, militar de 34 anos que também trabalhava como treinador de futebol foi identificado. Segundo o Las Vegas Review-Journal,  o rapaz foi identificado por amigo.

Outro jornal, o Tennessean divulgou as mortes de Sonny Melton, de 29 anos. Tennessean entrevistou a mulher da vítima, Heather, que contou que foi salva por uma enfermeira que lhe puxou no momento do tiroteio. Melton foi alvejado nas costas.

Um jovem de 28 anos identificado como Chris Roybal, era um veterano da Marinha que havia voltado recentemente do Afeganistão. Ele estava no show com sua mãe, mas eles se separaram e ela correu em direção ao tiroteio para tentar achá-lo. "Ele foi à guerra e voltou sem ferimentos, e aí ele vai a um show e morre", lamentou ela à rede de TV, NBC4.

Uma mulher identificada como Denise Burditus curtia o festival com seu esposo. Em seu perfil nas redes sociais o marido relatou que sua esposa morreu em seus braços. Burditus tinha dois filhos e "em breve seria avó de cinco netos", escreveu ele.

Thomas Day, um construtor da Califórnia, estava no show com seus quatro filhos, que sobreviveram. "Ele era o melhor pai. É por isso que as crianças estavam com ele", disse seu pai ao jornal LA Times.

Uma professora de educação especial de Manhattan Beach, na Califórnia, morreu depois de ser atingida nas costas. Sandy Casey estava com seu noivo, Christopher Willemse. Eles eram colegas de trabalho no Colégio Manhattan Beach. Segundo a direção da escola, Casey era "absolutamente amada por alunos e colegas".

A jovem líder de torcida, Angie Gomez, "era uma moça animada com um bom coração e uma alma amável", disse uma página feita para angariar fundos para sua família.

Uma paraquedista de 35 anos e mãe de três filhos, Hannah Ahlers, era uma "mãe e esposa dedicada", disse um amigo, e "uma das mulheres mais bonitas que eu já vi, com um coração tão bonito quanto".

Informações do jornal The Alaska Dispatch Newsdão conta de que duas pessoas do Alasca morreram no ataque - Adrian Murfitt, um pescador de salmão de 35 anos que estava no show com amigos, e Dorene Anderson, uma dona de casa de 49 anos que foi ao evento com suas filhas. Ambos eram da cidade de Anchorage.

Dana Gardner, 52 anos, funcionária do distrito de San Bernardino por 26 anos, foi descrita como uma "funcionária pública dedicada" e "confiável".

Outra vítima da Califórnia é John Phippen, que foi atingido nas costas. O jornal The Signal afirma que o filho de Phippen, Travis, foi atingido no braço, mas sobreviveu.

COMENTÁRIOS