11/04/2017 12:15:00

VIOLÊNCIA
Aumento nos casos de roubos de celulares preocupa população
Em poucas horas, seis pessoas foram roubadas em Guarapuava


(Imagem: Ilustrativa)


Da Redação

Guarapuava - O aumento nos casos de roubo de celulares está preocupando a população de Guarapuava. Os marginais agem de várias maneiras, sejam sozinhos, em grupo, de carro ou a pé. Normalmente, eles escolhem as vítimas que estão sozinhas e quando conseguem visualizar o celular da vítima.

Nessa segunda feira (10), seis casos de roubos de celulares foram denunciados à Polícia Militar, sendo que o mais grave ocorreu às 06h50, no bairro Boqueirão. Uma estudante de 17 anos estava aguardando o ônibus para ir para o colégio quando foi surpreendida por dois homens, sendo que um estava armado com um revólver. Eles anunciaram o assalto e a jovem se assustou e saiu correndo. Ela contou que ouviu um disparo de arma de fogo, mas não foi atingida.

Às 14h30, um menino de 12 anos foi assaltado por um homem no Parque do Lago. O ladrão estava com uma garrafa na mão e ameaçou a vítima, que entregou o celular.

Às 22h40, uma mulher foi até o 16ºBPM e contou aos policiais que, por volta das 22h, estava retornando da faculdade pela rua Barão de Capanema, quando foi abordada por um homem sem camisa que a abordou e, com ameaças, roubou o seu celular.

Já às 23h30, na rua Saldanha Marinho, no Centro, uma mulher contou que estava andando na rua com o seu namorado quando foram abordados por três homens que estavam em um VW Gol, de cor prata, com placas de Ponta Grossa, e que anunciaram o roubo. Um dos marginais estava com uma faca. Eles levaram os dois parelhos celulares das vítimas.

Em todos os casos os policiais realizaram patrulhamento, mas os suspeitos não foram localizados.

COMENTÁRIOS