13/11/2017 10:13:00

SANEPAR
Guarapuava participa do Encontro Nacional de Comitês de Bacia Hidrográfica
Evento aconteceu em Aracaju (SE) entre os dias 7 e 10 de novembro


(Foto: Assessoria)


Da Redação, com assessoria

Guarapuava - O gerente regional da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) de Guarapuava, Evandro Marcos Dalmolin, representou a empresa nos dias 7 a 10 de novembro no XIX Encontro Nacional de Comitês de Bacia Hidrográfica (Encob), realizado em Aracaju (SE). Ele é presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Jordão e discutiu, ao lado de representantes de 154 comitês de bacias de todo o Brasil, temas como a demanda hídrica de cada setor da economia, os planos de mitigação e como trabalhar questões adversas, como em situações de estiagem e enchentes, por exemplo.

Dalmolin conta que também foram abordados os avanços e os desafios da gestão e da regulação dos recursos hídricos. “Como a Lei das Águas completa 20 anos, fizemos uma análise sobre os avanços que ocorreram e as necessidades ainda existentes, como a outorga como reserva de mercado e outorgas confiáveis”, comentou. O fortalecimento dos comitês de bacia foi discutido de forma intensa para que tenham sustentabilidade e apoio para se tornarem instâncias representativas perante a Agência Nacional de Águas (ANA), considerando desde o município, que é a base desses comitês, os estados e as bacias transfronteiriças.

O gerente apresentou, durante uma mesa redonda sobre recursos pró-comitês que a ANA tem destinado, a sua experiência na Bacia do Rio Jordão. “O comitê da Bacia do Rio Jordão já fez o seu pleito e está aguardando o recurso para geri-lo de forma produtiva. Vamos usá-lo em ações efetivas de proteção do manancial, na questão dos usos múltiplos da água na região, envolvendo sociedade civil, universidades, usuários e todos os segmentos representados no comitê, que é onde os debates acontecem, os planos de ação são desenvolvidos e as câmaras técnicas avaliam profundamente temas que demandam tal atenção”, disse

Participou da plenária, como palestrante o diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu Guillo, que falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos comitês, como eles podem ser viabilizados e o que a agência tem feito para cumprir o seu papel.

O gerente da Sanepar ressaltou que a região de Guarapuava é privilegiada com o Rio das Pedras e o Rio Bananas, formadores do Rio Jordão, e que apresentam uma condição invejável do ponto de vista de investimento em proteção da qualidade hídrica. “Mas, é necessário maior engajamento de todos os atores”, destacou Evandro.

Na ocasião do Encontro Nacional, a Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema) e o Governo do Paraná expuseram a candidatura do Estado para sediar a 21.ª edição do Encob, em 2019, uma vez que o 20.° encontro será em Florianópolis, no ano que vem. A proposta foi aprovada por aclamação e o evento acontecerá em Curitiba, num encontro que envolverá aproximadamente mil pessoas dos comitês de bacia de todo o país.

 

COMENTÁRIOS